arrow_drop_down
Uma casa sobre a areia

Uma casa sobre a areia

Texto base: Mateus 7.26-27

Exposição do texto: diferente da casa firmada sobre a rocha, a casa sobre a areia não tem estrutura para suportar as tempestades. Quando o dia mal vier, ela ficará irreparavelmente arruinada.

Discussão:  Jesus, ao fazer a distinção entre as duas casas (rocha e areia), não está comparando os cristãos com os pagãos. Trata-se de dois membros da comunidade cristã visível (igreja).

Objetivo: diferenciar o cristão verdadeiro do falso, o alicerçado na rocha ou na areia, é isso que Jesus pretende com essas palavras.

Contexto: o alicerce, na construção civil, trata-se do arrimo abaixo da superfície, sobre o qual se assentam as estruturas externas de uma construção. É a base, a fundação. Os profissionais da área são enfáticos em afirmar que a parte mais importante do desenvolvimento de uma construção é justamente o alicerce, pois será ele o responsável por manter a construção de pé. Por isso é tão importante calcular corretamente a qualidade da fundação de uma casa antes de construí-la. Nos tempos de Jesus, a construção civil não era tão avançada quanto hoje, com a utilização de concretos, vigas de ferros etc. Naquele tempo o indicado era sempre erguer as paredes em cima de rochas, que embora fossem duras para perfuração, eram resistentes às intemperes do clima e desgaste natural. Construir uma casa assim dava trabalho, e muitos optavam, devido à celeridade e facilidade, construir uma casa em um terreno mais macio. Essa escolha se mostrava a pior possível, tendo em vista que a resistência e durabilidade da casa estavam diretamente ligadas aos fatores externos (clima e tempo). Era questão de tempo para que essas construções desmoronassem. Quantas pessoas têm optado pelas facilidades, escolhendo sempre o “terreno mais macio”. É por isso que o evangelho tem sido deixado de lado, pois as pessoas não querem mais ouvir as verdades que confrontam, e sim as mentiras que massageiam o ego. A preocupação atual tornou-se uma sede descontrolada por entretenimento.

Conclusão: construir algo sólido demanda tempo, alto investimento e requer uma dedicação altíssima. Se quisermos viver uma fé saudável, precisamos despender nosso tempo no relacionamento com Deus por meio da oração, leitura da Palavra, e dedicar-nos de forma voraz à obra de Deus.

Aplicação: se não nos dedicarmos às disciplinas espirituais e continuarmos a tratá-las como algo opcional na nossa caminhada cristã, estaremos condenados a sucumbir no dia da tempestade, assim como a casa construída na areia.

Tudo o que acontece nos GCs da Lagoinha você assiste semanalmente no programa GC On-line, transmitido toda sexta-feira, às 21h30, na Rede Super e na página da Lagoinha no YouTube.