arrow_drop_down
Gratidão pela vida

Gratidão pela vida

Nesta quarta-feira (24) completo 73 anos, e meu coração transborda de gratidão a Deus por todos esses anos de vida e também pelo privilégio de fazer parte de tantas vidas, tantas ovelhas, com permissão do Senhor.

A alegria é imensa ao recordar todos os feitos do Senhor em minha família e meu ministério. Tudo vem de Deus e tudo é para Ele. Tudo é bondade de Deus. Foram muitas lutas, muitas tristezas, mas muitas, muitas alegrias, como o meu casamento com minha amada Renata, o nascimento dos meus três filhos, Ana Paula, André e Mariana, e dos meus oito netos, Isaque, Benjamim, Lorenzo, Tito, Davi, Vitório, Bella e Angel. Agradeço a Deus pela vida dos meus genros, Gustavo e Felippe, e da minha nora, Cassiane. Sou grato a Deus pelos meus pais, Héle e Arminda, e pelos meus seis irmãos, Hélio, Vera, Ângela, Deyse, Carlos Eduardo, Samir, e por cada familiar. Sou grato a Ele por ter confiado a mim a Igreja Batista da Lagoinha. Sou grato a Deus por sua vida e pelas suas orações. Sou grato a Ele por cada amanhecer.

Desde o dia 19 de maio de 1966, durante uma vigília, um novo capítulo em minha história começou a ser escrito, tive um encontro real com Jesus, fui batizado com o Espírito Santo e chamado para o ministério. Jesus Cristo deu sentido à minha vida, trouxe um propósito, perdão para os meus pecados, escreveu meu nome no Livro da Vida. Por isso, hoje, sou filho Dele.

Não anuncio o evangelho simplesmente porque aprendi a fazê-lo, mas divido com você a minha própria experiência. Nunca pensei em desistir ou interromper o ministério. Sempre valeu a pena ser pastor. Cada pessoa que vem para a igreja, a responsabilidade aumenta mais, porque sei que darei conta dessa pessoa diante de Deus. Ministério é dependência de Deus.

Quando alguém se rende ao Senhor, sinto uma alegria imensa, pois sei que Deus está se alegrando. O sonho da minha vida é agradar ao Senhor. Os desafios não param, e quero continuar me dedicando às atividades pastorais e caminhando debaixo da bênção de Deus.

Vivo para Ele e tenho planos para até os 100 anos de vida, mas sempre com a ideia de que só tenho um dia para viver. Sonho em ver realmente convertido 10% de cada cidade onde for plantada uma Lagoinha. E no dia que chegarmos aos 10%, vamos colocar mais 10% até Jesus voltar. Enquanto existir alguém que ainda não se rendeu ao Senhor, tenho não apenas o dever e a obrigação, mas a grande honra de levá-lo a Cristo.

Com o coração cheio de gratidão pelo passado e confiante nas promessas de Deus, avanço para conquistar o que me foi proposto. Quero ser semelhante a Jesus em seu caráter perfeito e transbordante de amor. Muitas vezes, as pessoas me perguntam o que eu faço da vida, gosto de responder: eu busco fazer Deus sorrir.

Obrigado, minha ovelha amada, por estar comigo. Que a graça tão maravilhosa de nosso Senhor Jesus Cristo seja cada vez mais abundante sobre o seu coração. Certa vez, ouvi esta frase e a compartilho com você: “A sua vida é um presente de Deus para você, faça dela um presente para Ele”.

Deus te abençoe! 

:: Pr. Márcio Valadão