arrow_drop_down
A regra áurea

A regra áurea

Texto base: Mateus 7.12

Exposição do texto: o amor proposto por Jesus é naturalmente inatingível, a não ser pela graça de Deus, em que, por meio do Santo Espírito, alcançamos  por Cristo.

Discussão: o rabino Hillel teria feito uma citação parecida a de Jesus, por volta de 20 a.C.: “O que você achar odioso, não o faça a ninguém. Esta é toda a lei”. Embora o ensinamento seja parecido, Jesus nos apresenta um fato novo: o amor.

Objetivo: Jesus já tinha ensinado que devemos amar nossos inimigos e orar por eles (Mt 5.44), e agora Ele reafirma esse entendimento.

Contexto: o padrão relacional apresentado por Jesus é o amor, e não um amor qualquer, mas o amor ágape, que é descrito pelo apóstolo Paulo como sendo paciente, bondoso, sem inveja, sem vangloria, sem orgulho, que não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor, não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade, que tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca perece (1 Coríntios 13.4-8). Esse é o padrão de amor ensinado por Jesus, essa é a aproximação mais real do amor absoluto. Jesus nos ensina a nos colocarmos no lugar dos outros. Esse é um princípio de aplicação ampla, e que resume toda a lei e os profetas. Quem se coloca no lugar do outro não pode cometer homicídio, quem se coloca no lugar do outro não adultera, maldiz etc. Qualquer pessoa que oriente a sua conduta para com os outros de acordo com o que gostaria que fosse a conduta dos outros para consigo, cumpriu a lei e os profetas. Percebemos assim que a vida cristã não é simplesmente um sistema de valores morais para a vida individual, mas também de questões comunitárias e relacionais.

Conclusão: a comunhão da igreja não é pautada em laços étnicos e sanguíneos, mas na adoção de Deus Pai, por meio do sacrifício do Filho. Existe uma reestruturação relacional provocada por Cristo. Onde éramos inimigos de Deus e inimigos uns dos outros, em Cristo isso foi transformado, e agora somos Filhos de Deus e irmãos.

Aplicação: temos uma “regra áurea”, de nos colocarmos sensitivamente no lugar dos outros em amor. Isso deve pautar nossas relações.


Tudo o que acontece nos GCs da Lagoinha você assiste semanalmente no programa GC On-line, transmitido toda sexta-feira, às 21h30, na Rede Super e na página da Lagoinha no YouTube.