arrow_drop_down
Olhos bons

Olhos bons

Texto base: Mateus 6.22

Exposição do texto: Jesus, nesse momento do texto, passa a utilizar os olhos de maneira figurativa em relação à compreensão espiritual.


Discussão: o olho é o órgão da visão que permite detectar a luz e transformá-la em impulsos elétricos, que nos dão a percepção da realidade. A visão é uma condicionante para a realização plena de uma série de outras atividades. Portanto, não enxergar implicará em uma série de limitações.

Objetivo: entender que se nossos olhos forem bons, todo nosso corpo será luminoso. Fixar os olhos seria como repousar o coração.

Contexto:  em Salmo 119.18, o salmista pede a Deus para que: “Desvende os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei”. Os olhos são como o coração, e se forem repousados no local errado, contaminarão todo o corpo. Nossos olhos afetam todo o nosso organismo, toda nossa vida. Quando estamos na luz, nossas motivações são sinceras e cheias de amor. Tudo é uma questão de visão. Se nossos olhos forem bons, nossa vida será repleta de sentido, pois nossa motivação estará somente em Deus. Pessoas apaixonadas pelas belezas transitórias dessa terra, não conseguem enxergar a glória do reino de Deus. Os olhos bons olham para a luz e buscam primeiro o Reino de Deus. Essa é a realidade que Jesus queria deixar claro, pois a maneira como enxergamos a vida, molda consistentemente nossa forma de viver. Um olho bom só tem atração para contemplar a graça de Deus, e sua inefável beleza. A luz do evangelho é o farol que ilumina os olhos daqueles que estão alicerçados firmemente na rocha inabalável, que é Jesus Cristo. Tudo é uma questão de perspectiva. Existe uma frase, atribuída a Agostinho de Hipona que sintetiza bem esse raciocínio: “Dois homens olharam através das grades da prisão; um viu a lama, o outro, as estrelas”. O cristão é aquele que escolheu olhar para as estrelas, mesmo em um mundo de caos.

Conclusão: se tivermos uma visão espiritual alinhada, nossa perspectiva estará devidamente ajustada com a vontade de Deus. É por isso que precisamos de alinhamento em nossa visão, saber onde estamos e para onde vamos. Um foco correto nos ensinará a contemplar a vontade de Deus para nossa vida.

Aplicação: os cristãos devem andar na luz. A luz mostra o caminho, expõe o que precisa ser ajustado, e faz com que nossa disposição seja sempre o caminhar rumo ao que é eterno. 

Tudo o que acontece nos GCs da Lagoinha você assiste semanalmente no programa GC On-line, transmitido toda quinta-feira, às 20h, na Rede Super e na página da Lagoinha no YouTube.