arrow_drop_down
Lugar secreto

Lugar secreto

Texto base: Mateus 6.5-8

Exposição do texto: nessa passagem Jesus nos leva a pensar em duas pessoas orando: uma de forma errada e outra de forma correta.

Discussão: uma oração espalhafatosa, motivada pelo anseio de reconhecimento quanto à espiritualidade e uma oração reclusa, de forma intimista, em que a intimidade entre o orador e o ouvinte é absoluta. Essa é a discussão proposta por Jesus, é a respeito disso que Ele quer nos levar a pensar.

Objetivo: por trás da oração espalhafatosa dos fariseus, estava o orgulho, o anseio por aplausos. Esse é o fermento que precisa ser eliminado. Não é possível louvar a Deus se estivermos preocupados com o louvor aos homens.

Contexto: se analisarmos nosso contexto, percebemos que nossos cultos estão cheios de pessoas. Mas será que essas pessoas vão à igreja pelos motivos corretos? É possível que hoje algumas pessoas vão à igreja com a mesma intenção que os fariseus iam às sinagogas: obter somente uma reputação de piedade. Muitos se gloriam moralmente diante das pessoas pelo mesmo motivo dos fariseus. Uma devoção pautada na espetacularização da oração torna o orador o centro das atenções e não aquele que é adorado, o que faz com que a espiritualidade seja vazia, frívola e inconsistente. É por isso que Jesus nos orienta a fechar a porta do nosso quarto, para não sermos perturbados e distraídos, e também para retirar-nos da frente dos olhares humanos. Na solidão do quarto, não temos mais ninguém, somente Deus. Os olhares dos espectadores humanos, muitas vezes, destroem a sinceridade da oração e retiram de nós o senso da presença de Deus.

Conclusão: o propósito da ênfase de Jesus sobre a oração no secreto é purificar nossas motivações. Na oração, nossa alma é refrigerada, nossa fome satisfeita, nossa sede saciada. Só é possível obtermos intimidade com Deus se nos dedicarmos à oração de forma diária. A oração é o combustível que precisamos para viver na dependência total do agir do Pai.

Aplicação: a oração no secreto não pode ser interpretada de forma extrema, de modo a excluir a oração pública de nossa rotina. A advertência é para orarmos sem intenções narcisistas e com o coração sincero.

Tudo o que acontece nos GCs da Lagoinha você assiste semanalmente no programa GC On-line, transmitido toda quinta-feira, às 20h, na Rede Super e na página da Lagoinha no YouTube.