undefined

SEJA BEM-VINDO AO lagoinha.com

arrow_drop_down
arrow_drop_down
Bem-aventurados os que choram

Bem-aventurados os que choram

Exposição do texto: sem dúvida essa é uma declaração que diferencia o cristão de alguém que não é crente. “As pessoas do mundo” considerariam tola a afirmação de que uma pessoa feliz é aquela que chora; afinal, tudo o que evitam fazer é chorar. Mas o evangelho nos diz que “felizes são os que choram”, de fato eles são felizes. É interessante notar que no capítulo seis de Lucas, essa mesma bem-aventurança é invertida de modo que o Senhor Jesus diz: “Ai de vós que agora rides! Porque haveis de lamentar e chorar”. Esse choro ao qual Jesus se refere é provocado por uma tristeza espiritual e essa é uma característica que marca as bem-aventuranças, a sua condição espiritual. Assim, felizes são aqueles que choram em seu espírito ao ver seus pecados e por eles se arrependem.

Discussão: será que, atualmente, essa tem sido uma bem-aventurança presente dentro de grande parte das igrejas? Será que temos visto o cristão desesperançado consigo mesmo e chorando por causa do pecado que acomete seu coração? Ou a pregação a respeito do pecado e da necessidade de se arrepender dele tem se esfriado dentro das igrejas e poucas são as vezes que o crente é exortado a chorar por sua condição espiritual?

Objetivo: Jesus diz que bem-aventurados são os que choram, pois serão consolados. Cada homem que ao reconhecer seus pecados em sua vida, chorar e se arrepender será conduzido a Deus e por Ele consolado. Pois todo aquele que se arrepende e crê em Cristo Jesus é salvo. 

Contexto: todo homem que se volta para Deus e reconhece a sua pecaminosidade experimenta a tristeza espiritual e chora recebendo consolo divino. Mas esse choro não acontece uma única vez, quando nos convertemos, mas durante toda a nossa caminhada cristã, toda vez que pecamos experimentamos a dor e a tristeza de ofender a Deus, e se verdadeiramente somos crentes, nos arrependeremos. Por isso, é tão urgente o ensino das Escrituras e a pregação a respeito do pecado e da necessidade de  arrependimento para se alcançar o perdão divino. Quando os púlpitos silenciam a respeito desses ensinamentos, muito facilmente os corações se endurecem.

Conclusão: a melhor maneira de experimentar essa bem-aventurança é buscando ter uma vida de leitura da Palavra de Deus, meditando a respeito dela, orando a Deus para que o Espírito Santo possa nos revelar o pecado que habita em nós, a fim de

que o verdadeiro arrependimento seja gerado.

Aplicação: leia diariamente a Bíblia, ore pedindo a Deus que sonde o seu coração. E não se cale diante de Deus em súplicas enquanto não houver um arrependimento genuíno em seu coração.

Tudo o que acontece nos GC's da Lagoinha você assiste semanalmente no programa GC On-line, transmitido toda quinta-feira, às 20h, na Rede Super e na página da Lagoinha no YouTube.