undefined

SEJA BEM-VINDO AO lagoinha.com

arrow_drop_down
arrow_drop_down
Bem-aventurados os humildes de espírito

Bem-aventurados os humildes de espírito

Texto base: Mateus 5.3

Exposição do texto: O Senhor Jesus estava diante de uma multidão quando subiu ao monte e passou a ensinar o chamado Sermão do Monte aos seus discípulos. É importante observar que Jesus não ensinou para a multidão, mas para seus discípulos  especificamente. E ao ensinar Ele não fez isso ao acaso ou de forma aleatória, mas havia um motivo por detrás da ordem a qual Jesus expôs as bem-aventuranças. A primeira bem-aventurança que diz: Bem-aventurados os humildes de espírito, foi a primeira delas, e segundo Jesus, ninguém pode entrar no Reino de Deus sem possuí-la. O cidadão do reino dos céus deve, necessariamente, ter essa característica como sendo fundamental em sua vida, segundo a qual todas as demais são resultantes.

Discussão: Mas o que vem a ser a bem-aventurança aos humildes de espírito? Reflitam antes de prosseguirem na leitura. É preciso sabermos antes o que não significa ser humilde de espírito. Não significa suprimir a própria personalidade, retirando-se dessa vida secular por meio de abnegações e sacrifícios e uma vida, muitas vezes, fingida diante do mundo. Ser humilde de espírito, de acordo com o grande pregador e teólogo D. Martyn Lloyd-Jones, é: “Para a completa ausência de orgulho pessoal, para completa ausência de segurança própria e dependência. Indica a consciência de que nada representamos na presença de Deus”. Você se parece com essa descrição?

Objetivo: Ser humilde de espírito é sentir que nada somos, nada temos, que dependemos em tudo da bondade e misericórdia de Deus, que sem Ele nada podemos fazer. Ao olhar para dentro de si, você consegue ver essa bem-aventurança? Veja que ela é o primeiro passo para todas as demais, uma vez que não podemos estar cheios da presença de Deus, se antes não formos esvaziados de nós mesmos.

Contexto: Em Isaías 57.15 diz: “Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos”. Essa passagem bíblica descreve a qualidade de alguém humilde de espírito, no qual o Espírito do Senhor habita. Uma pessoa quebrantada e arrependida por seus pecados e que anda segundo a dependência de Deus. Alguém que não é arrogante e que não tem uma alta opinião a respeito de si mesmo.

Conclusão: aqueles que são humildes de espírito não dependem de seus dotes naturais, não edificam suas vidas sobre quaisquer potencialidades, não dependem de família ou dinheiro, mas consideram que nada são ou possuem, porque dependem em tudo de Deus, sabem que a salvação de suas vidas vem de Cristo Jesus e em nada se consideram perante o soberano Criador.

Aplicação: no seu coração há o desejo de se tornar humilde de espírito? Só há uma maneira de uma pessoa vir a ser humilde de espírito verdadeiramente. É necessário voltar os olhos para Deus, considerando quem Ele é e que nada somos diante Dele. Como disse Lloyd - Jones “ser humilde de espírito, por semelhante modo, é contemplar ao Senhor Jesus Cristo, vendo-O conforme Ele é descrito nos Evangelhos”. Se assim o fizermos seremos alcançados por essa bem-aventurança.

Tudo o que acontece nos GC's da Lagoinha você assiste semanalmente no programa GC On-line, transmitido toda quinta-feira, às 20h, na Rede Super e na página da Lagoinha no YouTube.