arrow_drop_down
Estudo de GC: Seja ousado

Estudo de GC: Seja ousado

SEJA OUSADO

Texto base: Atos 13.44-52

Exposição do texto: o que sai da nossa boca precisa despertar nas pessoas o desejo de conhecer mais a Deus e ter um relacionamento com Ele, e isso só é possível quando nos permitimos ser usados por Deus de forma ousada, assim como Paulo e Barnabé, que se dispuseram e saíram de suas cidades para levar o evangelho, não se intimidando por falsos ensinos.

Discussão: 

1 – Quando se trata de falar do amor de Jesus, qual é a sua maior dificuldade?

2 – Como você reage em situações que te trazem desconforto?

3 - Para sermos ousados o que é mais importante? Conhecimento, sabedoria ou relacionamento? Por quê?

Objetivo: Mostrar que a ousadia é uma consequência do nosso relacionamento com o Senhor e do conhecimento que temos da Palavra.

Contexto: Na primeira viagem missionária de Paulo e Barnabé, eles partiram de Antioquia na Síria, e chegam à região de Antioquia na Pisídia. Ao chegarem em uma sinagoga se assentaram para ouvir a lição da lei e dos profetas, e aproveitando a oportunidade que lhes foi dada falaram acerca de tudo que conheciam sobre Jesus e expuseram Cristo como o Salvador, fato que trouxe indignação aos Judeus (At 13.13-52).

1 – O verdadeiro evangelho

Quando ouvimos o verdadeiro evangelho é despertado em nós o desejo de conhecer mais do Senhor e viver um relacionamento com Ele, dessa forma nos achegamos às pessoas que podem nos auxiliar nessa caminhada, assim como os gentios fizeram ao se reunirem na sinagoga no sábado seguinte, a fim de ouvirem a mensagem que Paulo e Barnabé pregavam (At 13.44).

2 – Guarde o seu coração

Ao ver a multidão reunida para ouvir a pregação de Paulo e Barnabé, o coração dos Judeus se encheu de inveja e blasfemaram contradizendo tudo o que Paulo dizia. Apesar de serem doutores da lei e terem recebido em parte os oráculos de Deus, os judeus daquela cidade endureceram o coração por inveja e orgulho.

Devemos sempre sondar nosso coração quanto ao que nos é ensinado, uma vez que nossa postura deve ser como a dos irmãos de Bereia (At 17.11), receber a Palavra com avidez e examinar as Escrituras para constatar se de fato aquele ensino é bíblico. Agindo assim, não cairemos no mesmo erro daqueles judeus (At 13.45).

3 – Ser ousado e usado

Assim como Paulo e Barnabé, precisamos ter coragem e intrepidez para não nos deixar intimidar e enfrentar as situações de confronto que virão em nosso dia a dia. Ao perceberem o comportamento dos judeus, Paulo e Barnabé usaram de ousadia e voltaram a atenção para eles, chamando a atenção para o fato de que eles rejeitaram a Palavra de Deus e, por isso, ela estava sendo pregada aos gentios.

Quando ouviram essa mensagem, aqueles gentios que haviam sido destinados à vida eterna, creram e se alegraram, glorificando ao Senhor; ao contrário dos judeus, que incitaram pessoas a perseguirem Paulo e Barnabé. Em um sinal de protesto, Paulo e Barnabé sacudiram a poeira de suas sandálias e partiram para Icônico, a fim de anunciar ali o evangelho, plantaram naquela cidade uma igreja de discípulos alegres e cheios do Espírito Santo (At 13.46-52).

Conclusão: A ousadia é resultado de um relacionamento com o Senhor e do conhecimento de Sua Palavra. Vimos como Paulo e Barnabé agiram em um momento adverso, temos que ter sabedoria e discernimento para agirmos conforme a vontade de Deus, sendo ousados para sermos usados.

Aplicação: Ao longo da semana ore ao Senhor por ousadia e discernimento. Medite na Palavra, busque conhecimento, pois assim você terá ousadia para fazer o que Deus te propôs a fazer.

Tudo o que acontece nos GC's da Lagoinha você vê semanalmente no programa GC Online, transmitido toda quinta-feira, às 20h, na Rede Super e pelo YouTube da Lagoinha.